Remédios para Emagrecer

Os remédios para emagrecer podem ser útil principalmente quando a pessoa tem obesidade. Como possuem diversos efeitos colaterais, eles deve ser ingerido com acompanhamento de especialista. E jamais deve-se desrespeitar a forma de uso e dose indicada.

emagrecer

Abaixo uma lista dos sete remédios mais usados.

Sibutramina

Inicialmente comercializada como antidepressivo, a Sibutramina é uma substância aplicada no tratamento de obesidade. É vendida através de prescrição médica. Age sobre neurotranmissores, a sertotonina e a noradrenalina, e provoca a sensação de saciedade.

Apesar de funcionar para controlar a fome, possui efeitos colaterais. Às vezes considerados graves. Aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca, dores de cabeça e boca seca são alguns.

Fluoxetina

Um antidepressivo, por isso consegue controlar a ansiedade. Levando o usuário a comer menos do que comeria normalmente. Bupropiona e Zyban são remédios similares e que podem surtir o mesmo efeito.

Anfepramona

É conhecida como ditilpropiona. A Anfepramona é um fármaco anorexígeno e auxilia no tratamento da obesidade. Segundo alguns estudos, é o mais eficaz do mercado. Porém, esse título só faz relação em tratamento da obesidade morbida.

Efedrina

Essa é uma substância retirada de uma planta chinesa chamada Ma-Huang. Age na aceleração do metabolismo, causando o aquecimento corporal. Assim, a queima de gordura é a sua principal função e por isso é usada para essa finalidade.

Saxenda

Utilizado inicialmente para o tratamento do Diabetes com o nome de Victoza. Age estimulando o pâncreas a produzir insulina. Isso faz você se sentir cheio por mais tempo e ajuda no controle do açúcar no sangue. No entanto, este tratamento deve ser sempre acompanhado de exercício e uma dieta adequada.

Desobesi

Possui, como base, a substância femproporex, com efeito emagrecedor. O uso excessivo pode causar efeitos colaterais como vertigem, tremor, irritabilidade, ansiedade, etc…

Para finalizar, qualquer remédio para emagrecer quando utilizado de forma indevida alem de não nos fornecem uma perda de peso satisfatória, pode apresentar diversos riscos à saúde física e mental. O uso prolongado, desses também podem causar dependência.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *