Semente de Chia e seus Benefícios para Emagrecer

Conheça os a chia e seus benefícios para emagrecer, chega de dietas complexas, exercícios físicos forçados e outras atitudes são tomadas para perder barriga. Muitas pessoas brigam com a balança para conseguir o peso ideal, que muitas vezes é imposto pela sociedade como padrão de beleza. Algumas fazem esforços fora do normal para alcançar essa meta e o que conseguem é emagrecer para engordar novamente, o que é chamado de “efeito sanfona”.

Porém, existe um novo método que muitos prometem ser eficaz para o auxilio na queima das gorduras localizadas. É a semente de chia, que tem atraído a atenção das pessoas como uma nova maneira de emagrecer.

O que é e de onde veio?

Esta semente vem do México e atualmente é cultivada também em países como Argentina, Bolívia, Guatemala, Peru e Colômbia.  Ela contém uma quantidade monstruosa de potássio, ferro, cálcio, Omega 3 e magnésio, suprindo muitos nutrientes que o corpo necessita diariamente. Em 100g de chia, estão presentes: 20g de proteínas, 32g de gordura, 41.2g de carboidratos, 714mg de cálcio, 16mg de ferro, 13mg de niacina, 0.18g de tiamina e 0,04mg de Riboflavina. Antigamente, ela era utilizada por pessoas que queriam obter força física, por conta desse grande numero de benefícios.

emagrecer

Qual é o funcionamento os seus benefícios pra saúde?

A chia, em contato com a água, pode ficar 10 vezes mais pesada, formando um retículo, que auxilia no funcionamento do metabolismo lipídico. Quando ela está no estômago, retarda o esvaziamento gástrico, causando assim, redução de apetite, aumento de saciedade ingerindo pequenas quantidades de alimentos, colabora na desintoxicação do organismo, redução do colesterol, ajuda na formação óssea e melhora a imunidade do organismo.

Além disso, esta semente “milagrosa” evita a inflamação no organismo humano, que é comum em pessoas que sofrem de obesidade, regulando e fazendo com que a pessoa regule seu apetite. Ela ainda converte os carboidratos para açúcares, beneficiando as pessoas que sofrem de diabetes. Ajuda também a combater o colesterol, triglicérides, previne a osteoporose e há quem diga que pode ser usada no combate ao câncer de mama.

Ela é rica em proteínas, que auxiliam o crescimento muscular, sendo que uma pequena porção da chia, pode suprir mais de 8% da nossa necessidade protéica diária. Por conter Omega-3, o consumo da semente pode evitar problemas cardiovasculares e aumento da pressão arterial. Outra coisa que faz com que a semente seja considerada um aglomerado de benefícios, é que ela não contém glúten, podendo ser uma ótima saída para pessoas com a doença celíaca, que não podem consumir nenhum alimento que contenha glúten, sendo que essa semente pode substituir a farinha de trigo em receitas.

Como ela deve ser consumida?

O ideal é consumir 30 minutos antes das refeições, em quantidades diferenciadas, dependendo do que é desejado obter com o uso da semente. Para uma pessoa que não busca diminuição de peso e só quer equilibrar o organismo e as energias, é recomendado consumir uma colher de sopa ao dia. Já para as pessoas que não conseguem ter hábitos saudáveis e sofrem com excesso de peso, é recomendado consumir de 2 a 5 colheres diárias, sempre antes de cada alimentação, para que ele possa agir com mais rapidez, causando saciedade com menos quantidade de comida. O preparo da chia para consumo é muito simples. Basta adicionar uma colher de chia a meia xícara de água e deixar que a semente seja hidratada, até virar um gel.

Como a chia não tem gosto nenhum, uma dica é misturá-la em iogurtes, aveia ou vitaminas. Com o crescimento da popularidade, surgiram até mesmo receitas, apenas substituindo o ovo pelo gel que é formado no contato da semente com a água. Quando moídas, podem substituir a farinha na fabricação de bolos e pães. O óleo que é extraído dela, pode ser utilizado como tempero para saladas, apesar de que neste processo, a chia perde o benefício das fibras.

Onde Comprar?

Ela é vendida na maioria das lojas que vendem produtos naturais, devido à sua alta popularidade. Os preços variam entre R$30,00 e R$36,00 e é comercializada em forma de farinha ou semente.

Quais as contra-indicações?

Como a semente é totalmente natural, não há nenhuma contra-indicação, pode ser usada por pessoas de qualquer idade e em qualquer caso, seja para emagrecimento, ou para manter o corpo saudável. Só é importante lembrar que qualquer coisa em excesso faz mal e a chia, por conter uma quantidade elevada de vários nutrientes distintos, se consumida em demasia, pode desregular a dieta alimentar, causando problemas mais graves.

A chia realmente é uma inovação no quesito “dieta alimentar” e vem ganhando espaço em tratamentos e regimes de pessoas acima do peso, contudo, o certo é continuar se alimentando, sempre com mediação de um nutricionista, que vai indicar a quantidade correta deste elemento na alimentação. Esta semente serve para complementar a alimentação e trazer bem estar, ela não é feita para substituir suas alimentações.

Deixe o seu comentário!